quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Permita-se

Viva a sua vida plenamente como se não houvesse um amanhã, permita-se se apaixonar, jamais se envergonhe dos seus erros, pois eles o conduzirão aos acertos desta vida.
Tire a expressão "se" do seu vocabulário, esqueça o: “E se eu não tivesse dito aquilo? Se eu não tivesse me apaixonado? Se eu pudesse esquecer?”
Tente trocar o “se” por: “eu posso”, “eu faço”, “eu quero”... E tudo será bem melhor.
Pois se você não tivesse dito aquilo estaria até hoje imaginando como seria se tivesse dito.
Se não tivesse se apaixonado, estaria sofrendo a dor de um coração vazio e não teria aprendido lição alguma desta vida.
Se você pudesse esquecer, como faria para poder lembrar-se de como aprendeu uma belíssima lição para não mais cometer o mesmo erro?
Não lamente por ter falado, por ter ou não se apaixonado ou até por não poder esquecer.
Porque os bons e maus momentos vividos em nossas vidas servirão no futuro de exemplo de uma grande experiência recebida, apenas guarde-a na caixinha das lembranças válidas, pois ela se tornará umas das grandes lições que você carregará para o resto de sua vida.
Permita-se.
Permito-me agora repensar, refletir.
Permito-me olhar para o que passou e esperar que venham coisas, momentos, vitórias ainda melhores. Permito-me esperar.
Permito-me olhar para os erros cometidos, e não repeti-los novamente. Permito-me novos erros.
Permito-me repensar as palavras mal ditas e não dizê-las. Permito-me o silêncio.
Permito-me recordar os bons momentos e desejar outros melhores. Permito-me diversão.
Permito-me despedir-me deste ano que passa e viver o que está por vir. Permito-me um novo ano!
Permito-me desligar-me de tudo que me causa dor. Permito-me FELICIDADE.