domingo, 31 de julho de 2011

Feminismo é uma bosta, mas e o machismo?


Bem, a realidade é q o número de vagabundas ordinárias aumentam a cada dia q se passa, e o feminismo é o maior responsavel pela libertinagem q assola o mundo das mulheres.

Devido a grande inversão de valores q ocorreu nos últimos tempos as mulheres fazem todo o tipo de vadiagem, e ainda conseguem se passar por moças de família varrendo a sujeira pra baixo do tapete. Dizem q preferem o homem romântico, atencioso, carinhoso, mas qdo encontram esse tipo de homem ou desprezam ou tornam ele um miguxo.

Pra quem ta fora da matrix da pra enxergar nitidamente q até as ditas “moças de família” preferem rebolar no pau de um marginal cafajeste e escroto! Depois q elas são usadas e jogadas fora ainda tem a moral de dizer q homem é tudo igual, pois nunca assumem as responsabilidades pela vagabundagem q elas fazem. Depois do pé na bunda ficam se sentindo usadas e conseqüentemente o ego delas ficam tão ferido, qto o ego daquele rapaz gente boa q elas sempre cospem considerando um ser desprezível.

O único problema é q o homem de boa índole passa anos e anos sendo rebaixado, essas vadias com o ego ferido não fica nessa situação por muito tempo, pq sempre tem um babaca q aparece elogiando, agradando, ajudando a faze-las a voltar a se sentirem as poderosas novamente! Em pouco tempo elas estão aptas a se envolver com mais um canalha.

Sim, elas preferem os canalhas! É como sempre dizemos nessa comunidade. O número de canalhas aumentam cada vez mais pq as mulheres pedem por um sujeito com essa característica. Ser “bonzinho” é sinônimo de querer morrer na solidão. Chegamos a conclusão q a culpa é das mulheres (pelas suas preferências) e do maldito feminismo q inverteram os valores de como deve ser um homem decente.

Mas analisando por outro lado os homens tem grande culpa pela situação q estamos vivendo. A mudança não deve vir apenas das mulheres.

O machismo q muitos defendem aqui tb colaborou pra essa merda q nós vivemos no mundo dos relacionamentos. Pra mim os conceitos machistas são importantes até a parte q prega a importância da masculinidade, pq hoje em dia está aumentando o número de homens afeminados, e acessórios femininos q o homem q usava no passado era humilhado sendo taxado de viado, hoje em dia é considerado de uso normal. Mas isso é outro assunto.

O q quero tratar aqui é da burrada do machismo. Segundo os conceitos burros machistas o homem deve provar a outros homens q é macho! Como ninguém quer ser taxado de viado correm os imbecis desperados pra catar mulher a todo custo e exibirem para os amigos. E o custo é bem caro para nós homens, pq para obter resultados rápidos durante a caça as mulheres são anulados todos os requisitos q se refere as características psicológicas femininas, levando em conta apenas um atributo, a beleza física! Nada q causa mais orgulho para um homem do q sair exibindo aquela gostosona pra causar inveja nos amigos. Se ela é burra feito uma porta, foda-se!

Qual o resultado disso? As mulheres precisam atrair homens, e naturalmente vão tomar as atitudes necessárias para obter um resultado. E o q basta pra atrair os homens burros desesperados pra provar masculinidade? Basta a atração física, e lá vão as mulheres para o salão de beleza e depois vestem uma roupa q valorizem seus atributos físicos e acabou! Depois elas vão pra rua receber cantada de vários babacas competindo entre si e elevando o ego feminino as alturas!

As mulheres exigem mundos e fundos dos homens, a mídia influenciou a mente burra feminina a idealizar homens fortes e protetores, q não demonstram medo e sentimento, como se vê em filmes, novelas e romances.

Esse de homem não existe no mundo real, mas os canalhas conseguem simular com facilidade esse tipo, uma vez q não se apaixonam de verdade não demonstram sentimentos. Mas as mulheres não gostam de ser chifradas depois, só q tb não querem se submeter a aceitar um homem de boa índole, pois consideram esse tipo grudento, meloso, frouxo. A tipo perfeito para as mulheres é o cafajeste-light, um tipo q não existe, mas q um cafajeste consegue simular pra prender a mulher até o casamento.

As mulheres tem suas exigências tolas, mas pelo menos tem. Mas e o homem? A maioria dos homens não passam de uns bajuladores de mulheres, q as elogiam apenas por serem mulheres, mesmo q sejam umas vagabundas q não valem o ar q respira. Não está na hora dos homens exigirem das mulheres tb? Chegou a hora de parar de inflar o ego de qualquer uma, se é bonita e gostosa foda-se! Isso não basta! Temos q exigir valores, inteligência e postura, para q mudem a atitude e deixem de ser egoístas como a grande maioria são.

Tem muitas atitudes machistas q fazem as mulheres se sentirem mais poderosas, automaticamente alimentando o feminismo.
Muitos machistas dizem q vagabunda só serve pra meter a rola e acabou, e q devemos nos portar como verdadeiros cafajestes com essas para leva-las para a cama. Usar e jogar fora como se fossem lixo. Realmente as vagabas merecem esse tipo de tratamento, mas isso não ferra totalmente com elas.

Como já disse antes, o ferimento do ego feminino dura pouco tempo, na semana seguinte, ou até já no dia seguinte elas voltam a se sentir as poderosas, pq mesmo q seja só cafajestes com a intenção de meter a rola ou matrixianos cegos apaixonados, o ego delas será sempre massageado em excesso. E ainda tem o feminismo ao lado delas passando a imagem de q são apenas mulheres livres, vivendo intensamente sua liberdade com “dignidade”.

O feminismo ferra com a gente, isso é fato! Mas e o machismo, será q essa é a solução para q tenhamos um mundo melhor? Tenho minhas dúvidas.

Outra questão...

Mas o homem canalha não é um machista q considera a mulher um ser inferior e usa a mulher apenas como um objeto? Mas este tipo fica bajulando as mulheres, inflando o ego delas pra levarem pra cama. Tudo bem q o ego delas serão feridos ao serem jogadas no lixo, mas não adianta, pois em pouco tempo outro canalha ou matrixiano apaixonado vai bajular e ajudar as cicatrizes do ego ferido a se curarem rapidamente.

E vão continuar se achando as poderosas, exigindo de nós homens absurdos, q joguemos nossa dignidade no lixo para q sejamos aceitos por elas.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

3 bilhões de mulheres. E você aí chorando.


Mais de 3 bilhões de mulheres, segundo o World Census.

35.000 maracanãs lotados de mulheres.

50% delas na idade perfeita para relacionamentos.

E tanto homem paspalho, imbecil, se rastejando, se matando, entrando em depressão por uma só.

Chega a ser irracional. Mas é a real.

Cada vez mais homens cuzões se rastejando e se tornando bundões efeminados de marca maior por causa de uma mulher. Muitos se cagando de medo de perdê-las, aceitando chantagens, largando carreiras, empobrecendo, enfim, se ferrando de diversas formas.

Quem frequenta blogs e comunidades masculinas já deve ter se deparado com o termo “matrix”, (créditos: Silvio Koerich).

Matrix nada mais é que o termos que usamos para nos referir à paixão cega e dependente pela mulher, que torna o homem um verme imprestável. Um bundão. Chorão. Escravo. Imbecil. Paspalho. E assim por diante.

O quadro é grave. Então vamos chutar a bunda do amor romântico e mandar a real nos bundinhas chorões.

As principais coisas que inserem/puxam de volta o homem pra porra da matrix são:

1) Desejo sexual (queremos transar > precisamos do sexo delas > precisamos delas)
2) Acreditar em mitos IMBECIS (alma gêmea, amor romântico, cara-metade etc).
3) Medo de perder uma oportunidade

Essa tríade dos infernos vem botando vários homens de joelhos e transformando-os em matrixianos paspalhões, cãezinhos da namorada, provedores babacas e maridos domados. É a tríade que hipnotiza os homens de diversas idades e os transforma em cães que ficam embaixo da mesa esperando alguma migalha cair.

Abaixa a orelha e aprenda agora a não ser hipnotizado pela tríade infernal da matrix.

1) Desejo sexual

“Pro homem matar a paixão e o apego por uma mulher, ele deve matar e manter seu desejo sexual sob controle” – Silvio Stodieck Koerich

Quanto mais dependente de sexo você for, mais comerá na mão delas e estará sujeito à manipulações cretinas, ditaduras de sexo, chantagens, e toda espécie de manipulação feminina usando a vagina como moeda de troca.

É claro que não vamos matar nosso desejo sexual completamente, né imbecil. Mas vamos manter nosso pau sob controle total. Jamais mendigar sexo, jamais aceitar migalhas. Vamos meter quando e da forma como estivermos de acordo, e não aceitando implicitamente as regras delas só porque elas detém o pastel de pelo que tanto gostamos.

Isso se consegue controlando o desejo sexual avassalador que é natural em reprodutores viris como nós. Uma vez que você não for manipulável por sexo nem dependente, as ditaduras sexuais perderão efeito sobre você. Em resumo, o tão comum “CU doce” não surtirá mais efeito e você comerá mais e melhor.

2) Acreditar em MITOS IMBECIS

“Eu sou única. Você jamais vai ter outra mulher igual a mim. Lamba meus pés, escravo!”

“Sou a maçã do topo. Se quiser me pegar vai ter que se foder todo.”

“Sou diferente de todas as outras 3 bilhões de mulheres. Rasteje por mim, animal.”

“Sou sua alma-gêmea. Se vc me perder, nunca vai ser feliz. Muah ha ha ha!”

- frases de mulheres que propagam mitos imbecis. A maioria acredita.

As nossas mulheres (e ex-mulheres) em geral adoram dizer que são únicas na Terra e que somos pobres coitados de perdê-las.

Mas não é isso que diz o censo mundial.

Mais de 3 bilhões de mulheres. 50% delas na idade ideal para relacionamentos (se você curte uma coroa o número é ainda maior).

Alma gêmea? Amor romântico? Cara-metade?

Tudo balela. Não seja idiota de acreditar nisso. Não seja idiota de acreditar que “perdeu o grande amor de sua vida”. Isso não existe. Deixe de ser imbecil de acreditar nesses contos idiotas que só servem pra endeusar a figura da mulher e fazer o homem acreditar que elas são insubstituíveis.

Você lê mais sobre mitos no blog do “ProfGilmar” da comuna OLODM – CLIQUE AQUI ASNO.

Isso nos leva ao terceiro componente da tríade dos infernos. Continue lendo paspalhão.

3) Medo de perder uma oportunidade

“Sou legal, não tô te dando mole.”

“Vc entendeu tudo errado. Mostrei a vagina pra você mas não quero dar, somos como irmãos.”

“Obrigada pelos conselhos Polidoro. Agora tenho que ir pois vou pro motel com o Alexandre. Durma bem.”

- frases comuns de mulheres que brincam com o medo e esperança dos matrixianos

Outra coisa que confunde os homens e nos jogam de volta pro apaixonamento escravo de merda é o medo de perder uma oportunidade.

Isso acontece quando acreditamos que só temos uma oportunidade de possuir aquela mulher maravilhosa e gostosa que tanto queremos. E que ainda temos uma esperança de experimentar o pastel de pelo delas.

Ou seja, sem saber o matrixiano coloca a mulher como prêmio absoluto e fica deslumbrado com a oportunidade (e possibilidade) de alcançar esse prêmio (automaticamente assinando um atestado de cão sarnento que vive atrás de migalhas).

As sádicas se apercebem disso, então o matrixiano começa a sofrer com a confusão dos jogos emocionais de afasta/aproxima, que elas fazem justamente para mantê-lo bem próximo (mas não tanto a ponto de transarem) e para ter o prazer sádico de vê-lo se rastejando como um verme por ela.

Isso normalmente ocorre quando elas precisam dar uma levantada na auto estima.

Dão esperança para algum “cara legal” e então ele, deslumbrado com a oportunidade repentina e inesperada, fica confuso, com medo de perder o que, na mente de asno retardado dele, é um verdadeiro “prêmio”.

Portanto, não seja um desses trouxas.

Não seja um inflador de ego (ombro amigo) sempre disponível para confortar mulheres recém-chutadas por cafajestes ou de baixa-estima.

Não fique sempre disponível no MSN para ouvir as crises depressivas delas, na esperança de comê-las.

Quando você se revolta e pensa em investir mais fortemente, elas dizem que “você entendeu tudo errado e é apenas um bom amigo”. Portanto não seja idiota. Não seja um miguxo matrixiano sempre acessível. Como diz Nessahan Alita, “seja mais temível que amável”, mas não seja um radical imbecil nem vire um pau no CU. Equilibre as coisas.

Se optar por ser um desses miguxões matrixianos assexuados, ganhará no máximo um “muito obrigado” e um beijo rápido no rosto, enquanto um homem desapegado, relativamente inacessível, frio e indiferente completará o serviço com ela na cama. Não seja otário nem psicólogo gratuito.

MIGUXO NÃO TEM PAU.

Não seja vítima do medo e da esperança de comê-la(s). Não se iluda com falsas promessas e se mantenha calmo. Lembre-se daquela frase da tua velha, desdentada, enrugada e carcomida vó: “quando a esmola é muita, o santo desconfia”.

Doutrinador

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Arrependimento…


Dizem que é melhor se arrepender daquilo que fez, ao invés de se arrepender pelo o que não fez. Será verdade?

Algumas vezes, não fazer por medo, inexperiência ou mesmo pelo tal arrependimento, pode mudar o seu presente.

Aquela festa que você não foi e todo mundo passou mal, aquela pessoa que você dispensou uma saída e hoje responde um processo, aquele beijo que você não deu…

Não fazer faz o seu presente diferente, dá um alívio por coisas que deram errado e dá um frio na barriga pelo aquilo que poderia ter dado certo, mas que, talvez, na época não era o tempo certo.

Reviver emoções já guardadas na caixinha da saudade. Aquele sentimento inocente e confuso, borboletas no estômago que você jurava que nunca mais sentiria com tamanha intensidade.

Coisas que deixamos de fazer justamente em uma época que não saber fazer é a explicação. E se aquele beijo tivesse acontecido, teria sido bom? E se tivesse sido ruim, a vontade tirar a prova teria a mesma força da vontade de provar o beijo atualmente?

E se tivesse acontecido, as lembranças seriam as mesmas? As revelações? Aquilo que não foi dito, que não fazia sentido na época, teria o mesmo impacto?

Não fazer, não significa se arrepender. Mas deixar o tempo nos dar experiência e maturidade suficiente, para reacender aquele sentimento tão ingênuo guardado bem no fundo do coração.

Naya F

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Como NÃO SER legal com as mulheres


Antes de mais nada, se você é um desses fanfarrões que odeiam mulheres e querem vê-las exterminadas, pare de ler isso imediatamente e vá cortar o seu pênis e comprar um vestido. Isso aqui não é para você. Este post ensina a NÃO SER um cara legal. O objetivo aqui não é ser estúpido e fanfarrão e sim assumir o posto de macho líder da relação e não deixar que uma espertinha qualquer pise com o salto alto no seu pescoço.

AS MULHERES MUDARAM

Não adianta querer alugar um cavalo branco e chegar na casa dela vestido de príncipe com um bando de idiotas mexicanos junto fazendo serenata. Talvez isso até funcionasse pra tentar comer a filha do Rei na idade média mas hoje em dia quem faz isso não é príncipe, é bobo da corte.

Portanto, esqueça esses manuais femininos imbecis que dizem que mulheres gostam de bajulação, romantismo, don juans, demonstrações públicas exageradas de romantismo, demonstrações de submissão e todo o lixo romântico que elas dizem adorar mas que nenhum cafajeste que dorme com elas faz efetivamente.

Não seja idiota de tratar uma mulher moderna como uma mulher do século XV. Com o feminismo, as mulheres mudaram e naturamente sua opinião sobre os homens e seu próprio conceito de sexo também.

Quem fica preso a conceitos clichês de romantismo achando que as mulheres de hoje são as mesmas de 300 anos atrás e acreditando em tudo que se fala em comédias românticas vai viver eternamente sem entender porque elas SEMPRE preferem os cafajestes aventureiros para dar o sexo e os paspalhões românticos para ouvirem seus choros quando são dispensadas pelos garanhões.

MULHERES SÃO MULHERES, E NÃO SEMI-DEUSAS

O que mais atrapalha o homem nas relações com as mulheres é o conceito imbecil de que a mulher é um tipo de ser sobre-humano, divino, que não faz cocô e nunca peida.

Isso atrapalha tanto quem já está engatado numa relação como quem nunca beijou e está louco pra aprender a seduzir e perder a virgindade. Se algum de vocês acredita que mulheres são deusas, tenho uma coisa a dizer: a Gisele Bundchen faz cocô e todas as outras necessidades desagradáveis como qualquer um de nós machos. Talvez ela até faça isso com mais estilo que você, mas de qualquer modo ela faz. E com certeza não deve ser cheiroso.

Portanto pare de enxergar as mulheres como seres superiores, como prêmios inatingíveis e toda essa paspalhice. Mulheres são seres humanos normais. Você não precisa pedir permissão divina pra chegar perto delas e falar com elas. Não precisa se cagar de medo quando começa a conversar com uma mulher com medo que ela levante um dedo e te extermine com um raio mortal. E ignorar uma mulher não é uma blasfêmia.

Se alguém acha que você cometeu um pecado mortal ao ignorar uma pentelha ou por ter rejeitado ficar com alguma guria que você não curtiu, o problema é dele e não seu. Cague e ande para os manés que idolatram mulheres, você agora é um búfalo guerreiro do velho oeste e não um bajulador cretino.

Está na hora dos homens se valorizarem como búfalos viris que são e PARAREM de lamber salto de mulheres acreditando que elas são deusas, prêmios divinos, tesouros escondidos e toda essa merda que falam. Mude seu conceito sobre elas AGORA e caia na real, ou continue sendo um escravo que recolhe o absorvente delas.

APRENDA A DIZER NÃO

Uma das piores coisas que o homem pode fazer numa relação é deixar a mulher mandar em tudo e ter medo de contrariá-la.

Não precisa ter medo da reação dela. Se uma mulher te deixar porque você disse “não” pra ela, é porque ela estava procurando um escravo, e não um homem de verdade.

Além disso, mulher nenhuma curte esses paspalhões sem opinião própria. Não é bonito deixar ela sempre decidir o que comer com medo de desagradá-la. Não é legal deixar ela SEMPRE escolher o filme. Não acostume sua mulher mal, ou ela montará em você. Tenha opinião e faça valer a sua vontade, mesmo que isso a desagrade. Como diz Nessahan Alita, é melhor você ser visto como temível do que amável.

Mas tome cuidado com o outro extremo. Não vire um idiota intolerante que começa a NÃO sempre. O lance é não deixar o poder de decisão na mão dela, sacou? Consulte ela se for necessário, saiba ouvir ás vezes. Mas se houver impasse, o poder de minerva deve ser seu.

NÃO ENCHA ELA DE PRESENTES

As pessoas dizem que mulheres adoram ganhar presentes. ERRADO. Todo mundo gosta de ganhar presentes. Homens, mulheres, crianças, cachorros, e até gatos fedorentos gostam de presentes.

Mas, por exemplo, o que acontece se você encher o seu filho de presentes? Ele vai ficar mimado e querer sempre mais.

O mesmo acontece com as mulheres. Se você começar a encher sua nova namoradinha de presentes ela vai ficar VICIADA nisso, porque convenhamos, ganhar presentes é bom pra cacete. E se uma mulher acha um paspalho que torra todo o salário em presentes caros pra ela ao invés de investir essa grana nele mesmo, melhor ainda.

A real é que ao fazer isso você está comprando sexo e afeto da sua namorada/esposa com presentes, oculta seus valores pessoais e substitui seu fator atrativo por presentes. Isso não é legal e na primeira dificuldade séria que você tiver ela achará estranho e dirá que “você mudou” pois “antigamente dava presentes agora não se importa comigo”, causando aquelas tempestades emocionais turbulentas na relação que só as mulheres sabem fazer. Viram só a merda que deu?

É normal que nós machos tenhamos vontade de agradar as mulheres. Mas elas não sabem receber isso sem se deslumbrarem e ficarem mimadas. Portanto nada de presentes caros e frequentes. Guarde seu dinheiro e invista em você.

Aliás, cuidado com o outro extremo, que é não pagar pra ela sequer um sorvete desses feitos com água da torneira que vendem na pracinha. Não precisa chegar a tanto, paspalhão.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

E se os homens se comportassem como as mulheres nos relacionamentos e na conquista?


Depois de muito curtir na balada, ficar com varias gurias, zoar e beijar muuuuito, eu resolvi que é hora de namorar. Sabe me cansei dessas coisas de pegar e comer loiras gostosas a hora que quero, agora eu quero alguém só pra mim num relacionamento sério, com comprometimento e fidelidade.

Entao eu vou falar mais sobre mim e a mulher ideal pra mim. Eu sou alguém que gosta de aproveitar as coisas boas da vida. Gosto de conforto, de viajar pra lugares chiques e legais. A minha mulher ideal precisa ter carro. Pegar busao? Ta louco? Eu não nasci pra andar de ônibus com mulher não. Eu me visto todo bem e tal, me preparo pra sair por ai pegando condução? Pra mim carro é requisito me desculpem as que andam a pé! E nada de fuscas ou carros velhacos afins né gente!

Outra coisa importante é que a guria SAIBA O QUE QUER. Isso quer dizer, tenha uma carreira estável, bom nível acadêmico. Desculpe-me as universitárias e as que só tem ensino médio mas, tem que ter ensino superior pra cima. Sabe, os papos não batem, não ia dar pra ela me acompanhar na conversa, pega muito mal isso sabe. Na carreira profissional que seja alguém que esteja subindo, seja importante, saiba o que quer, tenha futuro. Não quero pé rapadas presas em empreguinhos de merda sem futuro. A vida é curta e eu quero aproveitá-la ao Maximo! Não ficarei presa a perdedoras sabe, decoradoras, secretarias de merda, vendedoras, professoras, gurias que trabalham em cargos baixos de empresas. Por favor!

A guria tem que ter estilo. Gosto de mulheres estilosas, elegantes, que sabem se vestir, combinar, roupas de marca. Triste sair com gurias chinelentas, que a usam rasteirinha, calça jeans ou ainda calça jeans e havaianas! Que coisa ridícula! Por favor se vistam bem. E tem que estar sempre com as unhas feitas e pintadas, sempre cheirosa (nada de perfuminhos da Avon!), cabelo impecável chapeados e lisinhos com bela cor em dia (loiras falsas, por favor sem aquele preto horrrriiivell na raiz!), bem depiladas também. Eu quero apresentar pros meus amigos e família, não posso apresentar uma mulambenta ma vestida. Pelo amor de deus, elegância gurias elegância!

Para me conquista a guria tem que ser muito boa de papo. Nada de papos de novelas, chatices, problemas. Tem que ter alto astral, inteligência, bom humor, presença, liderança, legal, honesta, sincera, dinâmica, otimista, confiante. Confiança é fundamental! Nada de tímidas e bundonas não! Gosto de mulher com PEGADA. Tem que ter a PEGADA GENTE. Nada mais espetacular que uma mulher com a PEGAAAADA. Sem pegada NÃO DA NÃO GENTE! Tem que ser boa de cama, tem que me pegar FIRME, como MULHER entende? Se for fraca não rola não por mais legal e perfeita que seja! PEGAAADA!

Outra coisas importantes é, gosto de ser mimado. Presentes, surpresas fora de hora. Que homem não gosta disso? Levar naquele restaurante que a gente gosta e depois ser bem tratado num motelzinho legal, tudo pago, com luzes de vela, incenso, massagens relaxantes, jogos eróticos.. Que homem não gosta disso? Tem que surpreender, não pode levar pro marasmo e pra rotina! Não pode simplesmente conquistar e esquecer! Ficar vendo novela e falando ninguém quer, queremos ação, queremos emoção, sair da rotina, ser conquistados TODO DIA!

A mulher ideal deve ter bom senso e entender meu lado. Tem dias que temos altos e baixos de humor! Que estamos chatinhos, querendo ficar no nosso canto, que damos umas patadas.. mas tem que entender nosso lado! Temos momentos ruins e queremos apenas ficar quietos com vocês, sem falar apenas agüentando a gente por uns momentos que a gente volta ao normal.

Gostamos de companheiras, que façam nossos programas. Que vão beber no bar, jogar fliperama, ver filmes de guerra e vibrar com urros com a gente.. Sim isso é legal. Se NÃO DER ASSISTENCIA ABRE PRA CONCORRENCIA!!! A FILA ANDA! Tem que CUIDAR TODO DIA E SER COMPANHEIRA!

Eu não gosto de dividir a conta também. Não gosto de machismo! A mulher deve pagar a conta isso se chama cavalheirismo moderno. Hoje em dia os homens conquistaram seu lugar na sociedade como pessoas com sentimentos e que podem se abrir e serem cuidados e mimados. E depois de muito preconceito que sofremos por milhares de anos, as mulheres podem nos respeitar como iguais e agora podemos ser tratados como não apenas escravos emocionais e financeiros mas como pessoas que somos! Por favor nada de machismos!

Exigente? Não! Realista! Eu quero um amor, um amor maior que eu..

Ora ora ora.. ta irritadinha?

As mulheres adoram falar MERDAS de que são perfeitas, de que são mais sensíveis, que não são exigentes apenas querem o básico, de que é uma DADIVA ficar com elas e que devemos ajoelhar diante delas por darem a HONRA de aconchegar no meio das pernas delas, beija-las ou até mesmo FALAR com elas.

A real é que NEM AS MULHERES SE SUPORTAM. Se os homens se comportassem COMO ELAS, NÃO HAVERIA RELACIONAMENTOS AMOROSOS E REPRODUÇAO. As mulheres que leram essa merdalhada acima, devem ter ficado PUTINHAS da cara mas, apenas invertam o que eu falei e terao a INSANIDADE das EXIGENCIAS FEMININAS.

CHEGA A SER PATETICO! Olha as merdas que temos que aturar, agüentar e ouvir de exigências delas pra poder namorarmos elas. E ela acham isso justo, normal. Mas se um homem faz AS MESMAS EXIGENCIAS que elas fazem, elas dão PITI e dizem na NOSSA cara que ficaremos SOZINHOS!
Leiam minha regra de ouro: Atualmente nos relacionamentos, os homens dão 90% de si e recebem delas 5%. Os homens se matam nos relacionamentos pra fazer de TUDO por elas e não recebem NADA em troca alem de sexo e uns carinhos mal feitos.


domingo, 17 de julho de 2011

Entre os príncipes e os sapos, muitos detalhes devem ser considerados...


Você certamente preferiria encontrar um príncipe a um sapo, não é? Claro, dentre os conceitos que definem um homem, o de príncipe é bem mais atraente e interessante do que o de sapo. O primeiro refere-se àquele gentil, carinhoso e romântico, enquanto que o segundo aponta para aquele esquisito, desatento e, por vezes, até irritante!

No entanto, como todo conceito fechado, este também merece uma reflexão, e o quanto antes, para evitarmos mais buscas ilusórias, expectativas frustradas e, por fim, desencontros desastrosos! Será mesmo que existem os homens que são príncipes e os que são sapos? Se sim, nesta mesma medida, deve haver então as mulheres que são princesas e as que são “pererecas”, certo? Não! Errado! Nem uma coisa, nem outra!

Podemos começar a desconstruir esse raciocínio admitindo que todos nós, tanto homens quanto mulheres, somos príncipes e princesas, mas também sapos e pererecas! Afinal, em alguns dias, estamos bem-humorados, divertidos, leves, atraentes e encantadores. Enquanto que, em outros, estamos tensos, tristes, impacientes e até repelentes.

Isto é ser gente. Existir em todas as possibilidades e nuances. Transitar entre a luz e a sombra e descobrir, neste caminho, a possibilidade de amadurecer e se tornar melhor. E tudo isso acontece inclusive enquanto nos relacionamos; enquanto buscamos um amor ou durante a vivência dele. E tudo bem... Não há nada de errado em se permitir ser tudo isso. O problema começa quando a permissão só é dada a si mesmo e não ao outro.

Pessoas que desejam encontrar e se relacionar somente com príncipes ou com princesas, que não conseguem acolher o sapo e a perereca que existe em cada homem e em cada mulher, certamente vai se decepcionar e amargar, repetidas vezes, aquela sensação de que sempre escolhe a pessoa errada. Será? Será mesmo que existem pessoas erradas e pessoas certas? Ou seria mais inteligente se encarássemos a todos com quem nos relacionamos como uma imperdível e exclusiva oportunidade de aprender algo novo?

Além disso, esta reflexão também pode ser um desafiante convite para que você exercite mais a sua porção príncipe ou princesa, exatamente como sabe fazer – e muito bem – toda vez que deseja conquistar alguém. Gentileza, carinho, atenção, paciência, saber ouvir, ceder, presentear, mimar, entre outras pequenas atitudes cativantes são sempre muito bem-vindas e fazem toda a diferença no seu dia-a-dia e no seu relacionamento, embora não eliminem definitivamente a sua porção sapo ou perereca!

No final das contas, o grande desafio do amor, para todos nós, é tentarmos, todos os dias, encontrar o equilíbrio na relação. Se seu par acordou sapo, calibre o ambiente com sua parte princesa e vice-versa. E lembre-se de que, como numa equação matemática, o mais importante é que, ao passar a régua, o saldo seja sempre positivo. E isso quer dizer que se você tem se relacionado mais como sapo ou perereca do que como príncipe ou princesa, algo precisa ser feito, urgentemente! Caso contrário, como se diz popularmente, a fila anda... porque o reinado precisa funcionar!

Rosana B

TEMPERAMENTOS E AFINIDADES


O que é melhor para o relacionamento de um casal: que eles sejam iguais ou diferentes? Alguns apostam nos casais siameses: os dois corintianos, os dois petistas, os dois fumantes. Já outros preferem o antagonismo: ele Corinthians, ela Palmeiras; ele PT, ela PMDB; ele fumante, ela presidente da Associação de Combate ao Câncer de Pulmão.

Cada casal tem sua fórmula para dar certo, mas um pouco de equilíbrio ajuda a manter a estabilidade. O melhor parceiro é aquele que é bem diferente de nós e ao mesmo tempo muito parecido. Como? Diferente no temperamento, mas com mil afinidades.

Dois calmos vão pegar no sono muito rápido. Dois gulosos vão passar muito tempo no supermercado. Dois sedentários vão emburrecer na frente da tevê. Dois avarentos nunca terão um champanhe dentro da geladeira. Dois falantes jamais vão escutar um ao outro.

Temperamentos iguais se neutralizam. Temperamentos opostos é que provocam faísca. Ele é super responsável, paga as contas em dia e jamais ficou sem combustível. Ela, ao contrário, é zen. Sua música preferida é um mantra. Não sabe que dia é hoje, mas tem certeza que é abril. Brigas à vista? Que nada. Ela o acalma, ele a acelera, e os dois inventam o próprio ritmo. O que importa é que avançam na mesma direção.

Temperamentos diferentes provocam discussões contornáveis. Já a falta de afinidades pode reduzir um dos dois a mero coadjuvante da vida do outro. Alguém vai ter que ceder muito, e se não tiver talento para a submissão, vai sofrer.

Logo, não importa se ele chega sempre atrasado e você é a rainha da pontualidade, desde que ambos tenham a mesma visão de mundo e os mesmos valores. Esse é o prato principal de todo relacionamento. O resto é tempero.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Por favor, matem todos os idiotas românticos


Vou dizer rápido do que este texto trata: o romantismo é uma praga. Ele faz mal. Acabem com todos os românticos.

Agora vamos aos fatos.

Romantismo é uma corrente literária que defende os sentimentos sobre a razão. Ou seja, TODOS os idiotas impulsivos, ciumentos e imbecis são românticos inveterados.

Esqueça as rosas e as declarações de amor apaixonadas. Os idiotas românticos são perigosos. Lindemberg Alves Fernandes, o carinha que matou Eloá em Santo André, por exemplo, é um idiota romântico clássico.

Dr Love, ao contrário, não tem nada de romântico. É pragmático, sério e comprometido. Ele não dá rosas porque acredita que elas sejam uma representação da feminilidade de uma mulher bonita. Ao contrário. Ele sabe que as mulheres gostam de ganhar flores e que isso aumenta em muitas chances de ele se dar bem.


Elas também gostam de cavalheiros que abrem a porta do carro e que sabem cozinhar. Mas para fazer tudo isso, não é preciso ser romântico. Pragmatismo basta.

Um sujeito racional e pragmático compraria uma dúzia de rosas para sua amada usando o dinheiro que tem na carteira. Um imbecil romântico compraria mil dúzias e mandaria jogar de um helicóptero ao custo de 24 suaves prestações.

Detalhe, rosas caindo de uma altura grande machucam quem estiver debaixo e ESTRAGAM. Sim, flores estragam.

Um idiota romântico declara amor incondicional por alguém. Um sujeito pragmático sabe que “incondicional” é uma palavra que não se usa. E se a mulher mudar e proibir o futebol de domingo? E se ela disser que não pode mais tomar uma cerveja com os amigos?

E se a mulher começar a sair escondido com alguém mais pragmático do que o idiota romântico? Vai matar ela e o ricardão para apodrecer 30 anos numa cadeia em Barueri?
Mulherada, por favor, garantam o futuro da humanidade e nunca mais saiam com esses imbecis.

Daniel B

terça-feira, 12 de julho de 2011

Homem perfeito


Não existe homem fiel. Você já pode ter ouvido isso algumas vezes, mas afirmo com propriedade. Não é desabafo. É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitos homens. Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel (ou porque está apaixonado (algo que não dura muito tempo - no máximo alguns meses - nem se iluda) ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo (isso vai se voltar contra você)..A única exceção é o crente extremamente convicto.Se você quer um homem que seja fiel, procure um crente daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências.

Não desanime. O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo. A traição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia. Não é como a da mulher. Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento. O homem só precisa de uma banda. A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher.

Não fique desencantada com a vida por isso. A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário. O cara que fica cercado, sem trair, é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça. Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes. Se quiser alguém que pense como você, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um gay enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social. Todo ser humano busca a felicidade, a realização. E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, está tudo no cérebro).

Se você cercar seu homem (tipo, mulher que é sócia do marido na empresa), o cara não dá um passo no dia-a-dia (sem ela) você vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas ou seu casamento vai durar pouco, ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) e vai ser pobre (por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente (vai ser um cara sem ambição e sem futuro).

Se você busca o homem perfeito, pode continuar vendo novela das seis. Eles não existem nesse conceito que você imagina. Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente, que traem esporadicamente (uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja, não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família, não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher (para não criar vínculos) e, sobretudo, são muuuuuito discretos: não deixam a esposa e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares saberem.

Só, e somente só, um amigo ou outro dele deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual. Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar. As traições do homem perfeito geralmente são numa escapolida numa boite, ou com uma garota de programa (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com uma mulher casada de passagem por sua cidade. O homem perfeito nunca trai com mulheres solteiras. Elas são causadoras de problemas.

Esqueçam de uma vez por todas esse negócio de que homem não gosta de mulher fácil. Homem adora mulher fácil. Se 'der' de prima então, é o máximo.Todo homem sabe que não existe mulher santa. Se ela está se fazendo de difícil ele parte para outra. A oferta é muito maior do que a procura. O mercado está cheio de mulher gostosa. O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte. Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema). Ou, como se diz na gíria, é pepino puro. O fato de você não ligar para o homem e ele gostar de você não quer dizer que foi por você se fazer de difícil, mas sim por você não representar ameaça para ele.Ele vai ficar com tanta simpatia por você que você pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher. Ele vai começar a se envolver sem perceber. Vai começar a te procurar. Se ele não te procurar, era porque ele só queria aquilo mesmo. Parta para outro e deixe esse de stand by. Não vá se vingar, você só piora a situação e não lucra nada com isso. Não se sinta usada, você também fez uso do corpo dele – faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida.

Se você está revoltada por este texto, aqui vai um conselho: vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado. Se revoltar com o que está escrito não vai resolver nada em sua vida. Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte da vida, se você é dessas, boa sorte!). Mas tudo é a pura verdade. Seu marido/noivo/namorado te ama, tenha certeza, senão não estaria com você, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico. O homem que você deve buscar para ser feliz é o homem perfeito. Diferente disso, ou é crente, ou gay ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres). O que você procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que você pode achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que você nunca vai encontrar. Espero ter ajudado em alguma coisa.

Arnaldo j

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Truques de manipulação das mulheres.



As mulheres não jogam justo, especialmente quando querem alguma coisa, e você se encontra entre elas e o objectivo.Os truques manipulativos das mulheres são lendários, no entanto não estão destinados a acabar num futuro próximo. Quer esteja ela à procura de um pedido de desculpas ou de um favor, pode ter a certeza que esta irá tentar utilizar todos os truques que se encontram no livro da manipulação feminina, de forma a conseguir o que quer.

1.Lágrimas: Todas as mulheres sabem que a forma mais fácil de fazer com que um homem se sinta inconfortável é chorar. Todos nós já presenciamos homens que se rendem ao que as mulheres querem só para fazer parar as lágrimas. A maioria das mulheres aperfeiçoo os olhos marinados em lágrimas, ou mesmo o choro, ao ponto que se torna muito difícil de destingir se são ou não sentidas.

2.Subornos e recompensas Qualquer mulher com que você esteja envolvido vai ter uma boa ideia do que faz mexer os seus botões e cativa o seu interesse.Quando ela quer alguma coisa ela vai saber exactamente com o abordar.Pode vir com a promessa de bilhetes para o concerto de que você tanto falava, ou mais popular ainda, o famoso suborno sexual(sexo anal, fetiches sexuais ou algo geralmente proibido por ela).Enquanto os homens prometem o mundo só para levar uma mulher para a cama, as mulheres prometem o mundo por qualquer outra coisa.

3.Lisonjeamento: Egos são coisas fantásticas,uma mulher a lisonjeá-lo sobre do seu aspecto, trabalho, masculinidade, etc... irá sem duvida retirar de si o que pretende uma vez que colocou o seu ego lá em cima, conte com um pedido nas próximas horas, após tal acto.

4.Afasta-se: Se ela não estiver a obter que pretende, ela pode começar a retirar-se e a tornar-se menos avaliavel, mais ocupada e menos conversativa que o normal.Afastando-se de si irá, na cabeça dela, fazer com que você pense por onde ela andará e se ela gostará mesmo de si (outro truque manipulativo). Se você se sentir afastado da vida dela, você poderá pensar que esta está a tentar esquece-lo, pensando ela que você lhe vai fazer as vontades todas de forma a fortalecer e manter a relação.

5.Fazer-se de "Burra"/Perdida
As mulheres sabem que os homens(Manginas) adoram ser cavaleiros andantes para as suas amadas. Mesmo que ela seja capaz de fazer algo por ela, ela sabe que fingir-se de burra ou perdida em relação a algo,o seu cavaleiro virá para a ajudar quando ela necessitar ou assim o quiser. E é tambem difícil para você sentir-se zangado com ela ou frustrado quando ela o deixa sentir-se superior.

E o que é que ela vê nele?


"Nossos amigos se interrogam sobre nossas escolhas, e nós fazemos o mesmo em relação às escolhas deles. O que é, caramba, que aquele Fulano tem de especial? E qual será o encanto secreto da Beltrana?

Vou contar o que ela vê nele:......, ela vê uma serenidade rara e isso é mais importante do que o Porsche que ele não tem, ela vê que ele se emociona com pequenos gestos e se revolta com injustiças, ela vê uma pinta no ombro esquerdo que estranhamente ninguém repara, ela vê que ele faz tudo para que ela fique contente, ela vê que os olhos dele franzem na hora de ler um livro e mesmo assim o teimoso não procura um oftalmologista, ela vê que ele erra, mas quando acerta, acerta em cheio, que ele parece um lorde numa mesa de restaurante mas é desajeitado pra se vestir, ela vê que ele não dá a mínima para comportamentos padrões, ela vê que ele é um sonhador incorrigível, ela o vê chorando, ela o vê nu, ela o vê no que ele tem de invisível para todos os outros.

Agora vou contar o que ele vê nela: ele vê, sim, que o corpo dela não é nem de longe parecido com o da Daniella Cicarelli, mas vê que ela tem uma coxa roliça e uma boca que sorri mais para um lado do que para o outro, e vê que ela, do jeito que é, preenche todas as suas carências do passado, e vê que ela precisa dele e isso o faz sentir importante, e vê que ela até hoje não aprendeu a fazer um rabo-de-cavalo decente, mas faz um cafuné que deveria ser patenteado, e vê que ela boceja só de pensar na palavra bocejo e que faz parecer que é sempre primavera, de tanto que gosta de flores em casa, e ele vê que ela é tão insegura quanto ele e é humana como todos, vê que ela é livre e poderia estar com qualquer outra pessoa, mas é ao seu lado que está, e vê que ela se preocupa quando ele chega tarde e não se preocupa se ele não diz que a ama de 10 em 10 minutos, e por isso ele a ama mesmo que ninguém entenda".

Martha M

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Destruindo textinho feminino imbecil sobre mulher moderna e independente


Estava eu a rodar por blogs toscos e estúpidos quando me deparo com este LIXO sobre as mulheres rodadas e vadias quererem caras a moda antiga em pleno feminismo.

Eu FICO PUTO com esse tipo de oraçãozinha, correntes de e-mail que as mulheres vivem a fazer. PAREM DE CRIAR ESSAS MERDAS. Pois eu em estado de fúria bufalesca arrombei e fiz a resposta pra essa merda. Primeiro confiram essa PORCARIA de texto que me deu crises de vômito:

“Depois de toda a luta feminista que todos conhecemos, parece que o universo feminino entrou em crise.
- Trabalhar ou cuidar dos filhos?
- Cuidar do marido ou da carreira?
- Casar ou ser mãe solteira…?

Mas uma coisa não tem discussão, independente da opção que cada mulher tenha, e independente da total independência que a mulher conquistou na sociedade: nós queremos homens de verdade.
É, homem de ver-da-de!
Mas não aquele machão prepotente… Homens com agá maiúsculo!

Aprendam meninos – que pretendem ser um homem algum dia: não é porque conquistamos a independência financeira, que não gostamos que vocês paguem a conta.
Não é porque conquistamos a liberdade sexual que não adoramos ouvir ‘eu te amo’
Não é porque nos libertamos da pressão de uma família patriarcal, que não sonhamos com um pedido de namoro.. ou casamento.
Não é porque temos a liberdade de ir e vir, que não nos derretemos quando abrem a porta do carro para nós.
Não é porque agora podemos dar o primeiro passo, que não desejamos que nos tirem para dançar.
Não é porque somos confiantes e seguras, que não precisamos ouvir elogios.
Não é porque paramos o trânsito por onde passamos, que não sorrimos quando nos dão passagem, ou seguram a porta para nós.

Portanto, se intimidem mesmo com essa nova geração de mulheres!

E tenham em mente que, se não se portarem como nós merecemos, ou seja, como um verdadeiro gentleman, nunca nos terão!

Isso mesmo zero meia, NUNCA TERÃO!
Meninas, nunca aceitem nada abaixo do que vocês merecem…
E cada uma de nós merece ser feliz!

Como uma querida amiga minha sempre disse, um elemento básico numa relação é a admiração mútua.”

________

Puta ki paril viu. Agora leiam a versão masculina destruidora feita por mim:

“Depois de toda a histeria feminista destruir a família tradicional com 50% de divórcios e explosão de DST’s, sexo casual e gravidez na adolescência o universo masculino está puto da cara e vai te ensinar umas lições na cara no meio de toda essa modernidade.

Aprendam meninas – que se acham as gostosas da paróquia: Se você tem um emprego e quer ser igual, divida a conta. Se não a impressão que passas é que eu estou pagando pela sua compania e isso tem um nome: Prostituição.
Não é porque vocês podem dar pra 300 caras e isso é permitido que não as achamos vagabundas e imprestáveis pra namoro.
Não é porque vocês agora podem casar lá pelos 30 anos, que iremos esperá-las como cachorrinhos: Nós vamos pegar as mais novas pra namorar ou casar.
Não se pode ser uma feminista e mulher moderna e esperar cavalheirismo: Mulher moderna não aceita privilégios masculinos. Se quer cavalheirismos seja uma moça tradicional.
Não se pode achar que porque vocês tomam a iniciativa que não podemos rejeitá-las. Isso não é uma honra pra gente.
Não é porque vocês são falsamente confiantes e seguras, que eu tenho que ser uma muleta emocional que fica tentando levantar sua auto-estima capenga que se esvai ao primeiro kilo ganho.
Não é porque vocês criticam os homens de machistas e opressores e ainda sim querem privilégios sociais destes, que não serão chamadas por nós de hipócritas e mesquinhas

Portanto, se adapte aos novos tempos e a nova geração de homens que é uma resposta ao comportamento esdrúxulo e vadio de vocês! O cavalheirismo está morto e os privilégios sociais também!

E tenham em mente que quanto mais velhas vocês ficam, menos chances de casar e namorar vocês tem, porque todo dia uma menina mais nova entra no mercado, e se você se achar demais e trabalhar demais, vai ficar baranga e tosca e só vai poder ficar com caras toscos também!

Isso mesmo paspalhona, trocada por uma ninfeta!
Homens, nunca aceitem que rodadas feministas ditem o que vocês merecem.
Merecemos mais do que vadias de balada que se envolvem com cafajestes e dão pra 10 machos diferentes!

Como um guerreiro da real amigo meu me disse, o elemento básico numa relação é a admiração mútua, e homens não admiram mulheres modernas rodadas.

_______

Parece que não só eu surrei esse textinho retardado com uma lógica arrombadora e poderosa masculina como pisei nuns saltos e tamancos femininos no caminho. As mulheres tem que parar de querer serem as fodonas EM TODAS as esferas da vida mas quando aparece um homem na equação de repente são as mocinhas de família cheias de valores do passado, passivas, indefesas e românticas (e pior, é a mesma mulher que dá de primeira pra vários pitboys na balada ou beija 3 numa noite só).

Cavalheirismo, respeito, bom tratamento, privilégios sociais, contas pagas, flores, motéis, Caribe, Europa e toda a parafernália do passado é pra mulheres decentes, a moda antiga, não-rodadas, não-feministas e boas cozinheiras.

Silvio K

domingo, 3 de julho de 2011

O ex agora é você

Dificilmente você namora ou está enrolado com uma pessoa 0 km. Seu grande amor provavelmente já teve um outro grande amor antes de você, assim como você tem alguma quilometragem percorrida também. Normal. O problema é quando o ex do seu amor não ficou no passado: ainda ronda o presente.Você achava que ele estava morto e enterrado, mas que nada, o fantasma ainda assombra. Manda e-mails pro seu amor, telefona de vez em quando, surge nos mesmos lugares em que vocês estão. Uma praga. Vocês construíram uma relação supersólida, está tudo indo mais do que bem, não há motivo para desconfiança ou insegurança.Mas até quando? O ser humano é saudosista por natureza. De repente, num momento de carência, você pode não estar por perto e o seu amor se deixar levar por uma sessão nostalgia. Quem garante que não?Ninguém garante nada nesta vida. Mas não vejo muita razão para alguém se preocupar demasiadamente com os ex. Eles já tiveram sua vez. Por alguma razão, não deu certo. Eu sei, eu sei, isso não quer dizer absolutamente nada, os dois podem ter continuado a se amar mesmo assim, eles podem ter deixado arestas por apontar, eles podem ter coisas entaladas na garganta para dizer um ao outro. Brrrrr. Assustador. Mas também é muito provável que, se eles tentarem de novo, vão esbarrar nos mesmos problemas que os fizeram separar. Ex é prato requentado. Quase um parente.Eu não tenho fobia com ex, ao menos não com um ex que tenha sido bem vivido, bem curtido. Fico mais apreensivo em relação àqueles que podem vir a ser casos passageiros, aventurazinhas bobas, mas que podem surpreender. Não temo fantasmas, temo gente bem viva, bem acordada, oferecendo novidades, fantasias. Ex é um direito adquirido. Chegou antes. Tem privilégios. Merece respeito. E se seu grande amor cair nessa armadilha, terminar com você e voltar para o passado, relaxe, não se apavore. Será sua vez de assombrar. O ex agora é você.

Para Mulher 28

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Felicidade Realista



De norte a sul, de leste a oeste, todo mundo quer ser feliz. Não é tarefa das mais fáceis. A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.

Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica, a bolsa Louis Vitton e uma temporada num spa cinco estrelas. E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito.

É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Por que só podemos ser felizes formando um par, e não como ímpares? Ter um parceiro constante não é sinônimo de felicidade, a não ser que seja a felicidade de estar correspondendo às expectativas da sociedade, mas isso é outro assunto. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com três parceiros, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz, mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um game onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo.